Diretizes... a distribuição com mais dinheiro!


Na ultima reunião do Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual foram dadas novas diretrizes para que a Ancine, como Secretaria Executiva do FSA cumpra: (1) Com relação à distribuição:

  • Ampliação do investimento geral do FSA em linhas de distribuição;

  • Ampliação do teto de investimento por projeto de distribuição;

  • Desde que o projeto seja de uma distribuidora brasileira será aceita a codistribuição com empresas distribuidoras estrangeiras;

  • Apresentação do CPB da obra audiovisual, quando o distribuidor estiver concorrendo a recursos de distribuição, somente na contratação do projeto;

  • Alteração da exigência de quantidade de salas de cinema por contrapartida financeira do distribuidor em relação ao investimento do FSA;

  • Possibilidade de apresentação de carteira de projetos de distribuição;

  • Somente quando o FSA realizar investimento em comercialização , ele terá participação do FSA sobre a Receita Bruta de Distribuição – RBD (“comissão de distribuição”);

  • A recuperação do investimento pelo FSA será possível, desde que, pró-rata com os demais investidores em distribuição.

Photo by Vladimir Kudinov on Unsplash

#FSA #Investimentos #distribuição

56 visualizações